A Policia Civil, por meio da Delegacia de Alto Paraíso, prendeu em flagrante o suposto autor pelo crime de cultivo de plantas para o tráfico de drogas

11ª REGIONAL DE FORMOSA – DELEGACIA DE POLÍCIA DE ALTO PARAÍSO DE GOIÁS

A Policia Civil, por meio da Delegacia de Alto Paraíso, prendeu em flagrante o suposto autor pelo crime de cultivo de plantas para o tráfico de drogas.

Através de ferramentas de inteligência de fontes abertas, os Policiais Civis descobriram que um local destinado ao ritual religioso denominado Santo Daime – através do consumo do chá Ayahuasca – também estava sendo utilizado para plantio de drogas.

Ato contínuo, os policiais compareceram no local e lograram em prender 920 gramas de maconha, do tipo shank, em diferentes estágios de desenvolvimento, além de milhares de sementes de maconha, totalizando 22 gramas.

O dono do local assumiu a propriedade do entorpecente.

Diante dos fatos, foi determinado pela lavratura do auto de prisão em flagrante pelo delito previsto no artigo 33, § 1º, inciso II, da Lei 11.343/2006, bem como abertura de IP para apuração do crime previsto no artigo 268 do CP, vez que Resolução n° 1 de 25 de janeiro de 2010 do CONAD – que dispões sobre normas e procedimentos compatíveis com o uso religioso da Ayahuasca – dispõe que devem-se evitar práticas que possam pôr em risco a legitimidade do uso religioso tradicionalmente reconhecido e protegido pelo Estado brasileiro, incluindo-se aí o uso da Ayahuasca associado a substâncias psicoativas ilícitas ou fora do ambiente ritualístico.

Realizada as comunicações de praxe, o preso foi recolhido à unidade prisional e encontra-se à disposição do Poder Judiciário.