Goiás em estado de atenção para os cuidados com Dengue, Chikungunya e Zika

Situação de alerta para a dengue em Goiás

Apesar de a secretaria ter realizado ações preventivas desde o ano passado, houve um avanço expressivo dos níveis de infestação do Aedes aegypti e da quantidade de notificações de doenças causadas pelo Aedes, principalmente no Entorno do Distrito Federal. Flúvia Amorim destaca que tais fatos colocam o Estado em situação de alerta para a possibilidade de uma epidemia por dengue.

Compartilhar no WhatsApp

A superintendente vincula o aumento expressivo da infestação do Aedes aegypti e da quantidade de casos das doenças causadas pelo vetor a dois importantes fatores: a intensidade das chuvas, que pode ter contribuído para o surgimento de novos criatórios, e a baixa adesão da população em fazer a limpeza dos próprios quintais, eliminando qualquer tipo de objeto, vasilha ou utensílio que acumula a água parada.

Veja também
Vídeo: Caminhão tomba na BR 020 perímetro urbano de Formosa

Aumento nos Casos de dengue em Goiás
No ano passado, nas 13 primeiras semanas epidemiológicas 22.018 casos de dengue haviam sido notificados e 14.156 confirmados. Em 2022, até o momento, Goiás já tem 87.042 casos de dengue notificados e 39.874 confirmados, o que representa um aumento de 295,32%.

Da mesma forma, há um avanço significativo no número de mortes suspeitas por dengue em 2022. No ano passado, até 30 de março, 1 morte havia sido confirmada e 4 estavam em investigação. Neste ano, até 11 de abril, foram confirmados 11 óbitos e 79 estão em investigação.

Goiás apresenta um crescimento nos casos de Chikungunya e Zika
A chikungunya, que não apresentou expressividade epidemiológica no Estado até 2021, quando foi constatado um surto em Bom Jesus de Goiás e a circulação viral em 43 municípios, já neste ano apresenta um crescente número de notificações e confirmações de casos. Os dados da SES-GO apontam que até 11 de abril foram notificados 1.945 casos com 1.163 confirmados.

Isso representa um aumento de 69% em relação ao mesmo período do ano passado. Foram confirmados casos em 34 municípios goianos. A Zika teve seu auge em 2016, com a posterior redução da circulação viral e consequente diminuição no número de casos. Neste ano foram identificadas duas gestantes com exames positivos.

Atenção para os sintomas
Dengue e a Chikungunya têm sintomas e sinais parecidos, enquanto a Dengue se destaca pelas dores nos corpo, a Chikungunya se destaca por dores e inchaço nas articulações. Já a Zika se destaca por uma febre mais baixa (ou ausência de febre), muitas manchas na pele e coceira no corpo.

Leia as Ocorrências de cada dia do mês, é só Clicar na data

maio 2022
S T Q Q S S D
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031